Na Mídia: entrevista para a revista CASASUL

Para ver a matéria original, clique aqui.

por Ana Penso


Acho incrível quando encontro pessoas naturalmente talentosas. O motivo? Existem dois tipos de talento: os naturais e os desenvolvidos, a Carol com certeza é um talento natural.


No mundo existem vários gurus do marketing ensinando como enxergar o consumidor e desenvolver habilidades para perceber as brechas de necessidade para o lançamento de novos produtos. Cursos caros que nem sempre te ensinam realmente como fazer seu negócio funcionar. Bom, hoje estou aqui para apresentar alguém que dispensa gurus pois ela sabe muito bem como conduzir o seu negócio.


Carol Piegel sempre foi uma criativa, desde criança, quando montava cenários para suas brincadeiras com Barbies, ela mesma contou que hoje consegue perceber sinais de sua criatividade durante toda a sua vida. Geralmente as mentes empreendedoras criativas recebem incentivo de exemplos em suas próprias casas, mas esse não foi o caso de Carol. Seu olhar para o diferente e novas experiências é algo realmente seu. Como eu disse: talento natural.


Como era de se esperar, a faculdade de design de moda foi uma escolha alinhada e que a ajudou a refinar o seu olhar para o belo e suas composições. As Floristas nasceu ainda quando trabalhava com moda e a frustração com o que esperava do curso a fez olhar para oportunidades em sua volta. Uma amiga trabalhava com festas infantis bem inovadoras para a época e a partir daquele momento começaram a trabalhar juntas. Nesse caminho Carol se casou e fazer a decoração de seu próprio casamento funcionou como um estalo que deu início para sua jornada com a decoração de casamentos.


Assim As Floristas tornou-se uma empresa, em sociedade com a amiga das festas infantis - hoje não mais na empresa, mas o nome se mantêm. O business divide-se em duas categorias: eventos, que lida com projetos de decoração e identidade visual e loja, que como carol gosta de chamar, é uma Flower Shop - uma versão mais moderna de uma floricultura tradicional. Te convido a conhecer a loja e se apaixonar por absolutamente tudo!


Toda a essência do negócio de As Floristas é proveniente da visão desenvolvida pela escola de design, o olhar afinado de Carol compreende todo o processo. “Design para encantar e emocionar”

Uma linha de produtos vasta, onde a embalagem é o grande mote. Muitas caixas, bouquets e novos produtos são lançados sempre. Tudo obviamente pensando em agradar o cliente. As embalagens são muito inteligentes e refinadas, sendo parte importante do produto como um todo.


Para Carol, o sentimento de estar ocupando um lugar em meio ao que estava faltando é recompensador. Faltavam produtos como esses no mercado, por muitos anos a arte de presentear com flores recebeu o título de tradição, foi aí que As Floristas conseguiu enxergar a oportunidade. Uma tradição tão antiga quanto o homem - a de presentear com flores - agora com nova roupagem.

2020 foi um ano de transformação e realização de um sonho. Carol queria muito juntar os dois ramos do negócio em um lugar só. Antes usava um espaço na casa do sogro e locava um container para guardar seu acervo, quando um endereço perfeito para As Floristas apareceu.


Mesmo com o novo endereço físico manteve sua loja online e durante a pandemia, ao contrário do que se aguardava, os bouquets explodiram e vendiam até aos domingos. Cresceu muito, e o que estava sendo organizado para funcionar na lavanderia da casa da Carol por conta da pandemia precisou voltar para a loja.



Este ano tão complicado e difícil mostrou à Carol que a necessidade de seu público em demonstrar amor e carinho através das flores é algo muito especial. “Foi um ano de grande crescimento e muito bem vindo. Me sinto realizada em fazer parte da história de todas essas pessoas.”


2021 deve ser grande, cheio de novidades e aprendizados. A empresa pretende expandir a loja para outra cidade e começar uma grande revolução das flores! Eu diria que é uma revolução do amor.

31 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

@2021 As Floristas por Caroline Piegel | conteúdo autoral